Comércio entre Brasil e Estados Unidos quebra recordes

Time Plasmundi

Em decorrência da pandemia, o comércio entre Brasil e Estados Unidos havia sido bastante afetado e registrado como o pior resultado desde 2010.

Todavia, até setembro de 2021, o comércio bilateral atingiu um escalão histórico: US$ 49,6 bilhões. O valor é o maior constatado desde 1997, ano do início da série da balança comercial brasileira. A nível de comparação, o maior valor registrado foi de US$ 48,2 bilhões, em 2019.

Segundo o Vice-presidente da Ancham Brasil, Abrão Neto, tal notícia se deve ao aumento dos preços de modo global e maior demanda energética. Ambas situações se somaram à recuperação da economia dos Estados Unidos e do Brasil, de modo individual, para que os comércios bilaterais fossem favorecidos e recuperados 

Exportações e Importações

As exportações brasileiras para terras norte-americanas são importantíssimas, chegando a representar 10,4% do total das exportações. Felizmente, os dados voltaram a ser favoráveis após o período desafortunado da pandemia e representaram US$ 22,3 bilhões em exportações brasileiras, crescendo quase a metade se comparadas ao ano anterior.

Os setores contemplados foram o siderúrgico, combustíveis, aeronaves e produtos de madeira. Ademais, as exportações de semi-acabados de aço e petróleo bruto tiveram crescimento de 137% e 206%, respectivamente.

Semelhantemente, as importações também se ampliaram, beneficiando mutuamente a economia estadunidense e consolidando o comércio bilateral. Sendo as importações estadunidenses cerca de 17,4% do total importado, os valores de setembro bateram US$ 27,3 bilhões, um aumento de 29,8% em relação a setembro de 2020. 

Estatisticamente falando, a importação de gás natural e de mercadorias da área da saúde apresentaram um crescimento de 1.700% e  300%, respectivamente. 

Tags :

brasil, comércio estados unidos e brasil, comércio exterior, comex, estados unidos, exportação, importação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *